PARA UMA VIDA NOVA

29 dezembro, 2009

Elevação da temperatura deverá ser maior ameaça à saúde no século XXI

ENSP na Imprensa/Informe Ensp

Elevação da temperatura deverá ser maior ameaça à saúde no século XXI

ENSP, publicada em 17/12/2009

A edição de terça-feira (16/12) do jornal Gazeta do Povo publicou reportagem sobre o aumento da temperatura no planeta, que de acordo com pesquisas será a maior ameaça à saúde humana no século XXI. A reportagem cita que a elevação da temperatura acelera os ciclos reprodutivos de parasitas e insetos vetores, como os mosquitos, facilitando, assim, a sua disseminação, de acordo com Ulisses Confalonieri, pesquisador do Departamento de Ciências Biológicas da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz).

A reportagem aborda ainda um estudo apresentado pela Organização Mundial de Meteorologia (OMM) durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Clima (COP-15), na Dinamarca, revelando que a década atual foi até agora a mais quente já registrada. Segundo o secretário-geral da OMM, Michel Jarrud, o planeta está sofrendo um rápido aquecimento desde a década de 1970 e o aumento de temperatura acentuou-se nos últimos anos. Se nada for feito para diminuir as emissões de gás carbônico na atmosfera, o aumento da temperatura da Terra será inevitável e várias pesquisas têm revelado que o calor será uma das maiores ameaças à saúde humana no século XXI.

Confira a íntegra da reportagem aqui

EVENTO:

20ª Conferência Mundial da IUHPE de Promoção da Saúde

O evento tratará do tema: 'Saúde, Eqüidade e Desenolvimento Sustentável'.

Instituição: Promotion Santé Suisse - União Internacional para a Promoção da Saúde e da Educação (IUHPE, do inglês)

Local: Genebra - Suíça

Período: 11/07/2010 a 15/07/2010

Informações: A Conferência trabalhará a possibilidade de soluções para questões fundamentais como: a saúde sustentável e o meio ambiente, o desenvolvimento eqüitativo e sustentável da saúde e a atuação de parcerias locais e mundiais de fortalecimento nas ações de desenvolvimento sustentável. Estarão presentes no evento especialistas e partes interessadas de todo mundo.



Link: Clique e saiba mais!

25 maio, 2009

De volta à natureza - alguns dados de fitoterapia

TANCHAGEM ou TRANÇAGEM

Plantago major
Nasce em beira de caminhos, pastagens em locais sombreados e umidos.
Ação antiinflamatória, cicatrizante,anti-reumática,antidiarreica, expectorante. Usada no tratamento de gengivites,,amigdalites, etc.
Usa-se toda a planta, em chás ou decocções. Não deve ser usada em grávidas.
.

CARQUEJA

Bacharis trimera
A carqueja brasileira é outra, diferente da conhecida em Portugal.
É abundante na natureza,as vezes utilizada como decoração em jardins mas seu uso mais frequente é como fitoterápico. Tanto encontra-se indicações como diurético, como usos para problemas gastrointestinais, sendo ainda considerada "depurativo" onde seu uso coadjuvante para tratamento de diabetes e hipercolesterolemia.
Indicada para tratamento de excessos alimentares ou etílicos (ressaca).Tem gosto bastante amargo.

17 abril, 2009

Mensagem da SERRA do MAR

***
ENXAGUANTE BUCAL FAVORECE CANCER de BOCA

Clique no link abaixo para ler o texto completo:

Enxaguante bucal favorece câncer de boca
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u549781.shtml
.

Conferência

¨
Reprodução Feminina da Cultura Machista

II Sessão do Centro de Estudos Giulliano de Oliveira Suassuna do Grupo Direitos Humanos e Saúde Helena Besserman (GDIHS) ENSP/ Fiocruz.
Instituição: Ensp
Local: Salão Internacional. Das 9 Às 12 horas
Período: 29/04/2009 a 29/04/2009
Informações: Com o tema 'A Reprodução Feminina da Cultura Machista', a II Sessão do Centro de Estudos Giulliano de Oliveira Suassuna do Grupo Direitos Humanos e Saúde Helena Besserman ENSP/ Fiocruz, contará com a participação da conferencista Doutora Marisa Chaves. A conferencista é mestre em Serviço Social pela UFRJ, pesquisadora colaboradora do DIHS, subsecretaria de Políticas para as Mulheres do Municipio de São Gonçalo e membro da Comissão Estadual de Segurança da Mulher.

LEIA tambem no blog da JO
. " De Cinderela a Super executiva"
(com ida ao link)
.
.

Mensagem da SERRA DO MAR

***
ANVISA DIVULGA ÍNDICES DE ALIMENTOS CONTAMINADOS POR AGROTÓXICOS

http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mat/2009/04/15/anvisa-divulga-indice-de-alimentos-contaminados-por-agrotoxicos-755281059.asp

***
e anexei:
Boletim da ENSP de 16 de abril
Rio de Janeiro, 16 de abril de 2009 n.699
Divulgado monitoramento de agrotóxicos em alimentos
O pimentão foi o alimento que apresentou o maior índice de irregularidades para resíduos de agrotóxicos, durante o ano de 2008. Mais de 64% das amostras de pimentão, analisadas pelo Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), apresentaram problemas. O morango, a uva e a cenoura também apresentaram índices elevados de amostras irregulares, com mais de 30% cada. saiba +

.

CURSO "MASCULINIDADES"

POR: CHRISTINA MONTENEGRO

02 abril, 2009

MENSAGEM da SERRA DO MAR

***
Basta digitar o nome do remédio desejado no site abaixo, e você terá também os genéricos e os similares de todas as marcas, com os respectivos preços em todo o Território Nacional.

Como tudo que é bom não é divulgado,
passem adiante por favor, pois poucas pessoas conhecem.


http://www.consultaremedios.com.br/

* *

23 março, 2009

Re-comentário

Ao deparar-me com um post no blog da Conceição Duarte com criticas pertinentes ao sistema de saude ( ou doença) justas, mas incompletas, acabei me extendendo no comentário que resolvi copiar aqui.
***

Concordo que a "saude" está caótica e concordo com a culpa atribuida aos maus profissionais e aos gestores negligentes. Mas não devemos esquecer da culpa dos usuários do sistema, primeiro por pretenderem que saude seja uma dádiva e não responsabilidade de cada um. Assim, por exemplo, o hipertenso se entope de churrasco salgado aos domingos e quer um milagre tecnológico na segunda feira. Ninguem assume a responsabilidade pela propria saude, com alimentação equilibrada e saudável, com pratica regular de exercícios benéficos, por aí. Pretendem que alguem, de quem esperam dons divinos de cura o resgate de suas más atitudes para consigo proprio. Mas nem deus, se é que existe, salva quem não quer ser salvo. A saúde publica, ou saude coletiva deveria ser aquela parte que se preocupasse com doenças coletivas, as infecto contagiosas, mas vê seus recursos exauridos cuidando de quem "se estraga" , e segue procurando serviços de saude, publicos ou da saude suplementar,e quer um batelão de exames onde não seria necessário, por exemplo, fazendo com que o profissional vá se esquecendo do exame fisico, pois o paciente não acredita nele, exame e profissional, quer testes tecnológicos. Não aceita uma ausculta, mas quer uma "chapa', uma tomografia e até uma ressonância magnetica, que deveriam ser recursos para casos onde haja duvida e não rotina. A saude está um caos, sim, mas a culpa é da educação.Da nossa. Não queremos aprender a ter disciplina, a aceitar limites, a ter cuidado. Não queremos saúde, queremos ter a quem culpar quando jogamos fora a nossa.


PS: o conceito de REcomentario vem do Armando Maynard e seu blog de recomentarios, excelente ideia, que só não copio por ter vergonha de plagiar.

15 março, 2009

Ciência x tradição

Desde que surgiu no mundo o chamado Pensamento Científico, que este se apossa das outras áreas do conhecimento, trazendo-as para a aplicabilidade de seu método e qual monstro voraz, devora-as, esquecendo depois de onde veio a energia que o sustenta.
A fitoterapia, ou pratica de tratamento através do uso de plantas que por um bom tempo foi vista pela medicina dita científica como crendice, superstição, coisa que não merece credito, provocando risos de "médicos" quando um paciente informava ter tomado um chá ou atribuia ao chá a melhora de determinados sintomas, esquecende-se que das plantas vieram os primeiros assim chamados medicamentos, e que passaram depois a ter experimentados e identificados os tais princípios ativos, as substancias que promoviam efeitos. Passam então, rendidas às condições reais, os laboratórios a "produzir" fitoterápicos. Capitalismo, mercado, os argumentos conhecemos bem. Surgem então advertências quanto ao risco potencial do chá em doses que não foram calculadas por "êles", os donos. Assim, os "chás da vovó", podem (?) ter matado muita gente (HSHSHSHS! Quem consegue ingerir tamanha quantidade de chá que se aproxime de uma dose perigosa ?)
Por outro lado assisto discursos e práticas dos naturalistas radicais que recusam qualquer modo de abordagem científica da saúde, colocando-se em situações de risco descabidas para o modelo de sociedade atual.
Extremos.
Já na antiguidade, grandes sábios das civilizações da época apontavam para a condição do caminho do meio. Na China, o taoismo, através de seu precursor Lao Tse, na Grecia, com Aristóteles, que afirmavam ser a virtude estabelecida pelo meio (entre extremos).
E nós, pós modernos, com amplo acesso aos meios de comunicação e conhecimento, temos o direito e obrigação de estabelecermos quais serão nossos caminhos.


VER: médico americano admite fraude em pesquisas

03 março, 2009

HIPOTIREOIDISMO

O aumento dos casos de hipotireoidismo nas últimas décadas está relacionado à grande quantidade de iodo acrescido ao sal no nosso país (para prevenir bócio). Não vemos aquele bócio típico que o pescoço fica enorme há mt tempo, e a quantidade de iodo no sal continua a mesma. Há projeto de lei tentando diminuí-lo. Enquanto isso muita gente desenvolve hipotireoidismo e fica dependente de medicamentos. O que fazer ? Nem sal marinho escapa, nem sal grosso. Só indo na salina e recolhendo ? Complicado ... Comer menos sal possível parece ser a nossa única saída rs rs rs

DENGUE

Recebi da amiga SERRA DO MAR as mensagens:

"Ainda não sei postar direto no blog
Recebi esse e-mail em abril de 2008.
Vi na TV postos de saúde de Macaé dando remédio preventivo homeopático pra dengue há +- 1 mês.
Li um comentário sobre o uso do Crotalus horridus na forma hemorrágica, e o aumento das plaquetas foi rápido e incomum.

Até
--------"



---------- Forwarded message ----------

OUTRA:

"Olá Amig@s;
Eu mesma, Astrid, telefonei - primeiro pro consultório e depois para o celular da médica, e falei com ela pessoalmente para confirmar que a mensagem abaixo é VERDADEIRA e PROCEDENTE. Ela me informou que tem mais ou menos 1 semana que está divulgando a experiência dela via internet diante do quadro de dengue que se instaurou no RJ!

Se acharem conveniente, compartilhem e repassem, mas por fvr, lembrem-se:
--> Se você for direcionar esse e-mail, por favor, apague todos os endereços que apareçam nele. Outra opção de segurança é endereçá-lo no CCo ou BCC. Desta forma você eatará protegendo a mim, seus amigos e à você mesmo.


Campanha contra propagação de virus e intrusos.
Dengue:
tratamento e prevenção

Recebí esse e-mail de amiga, excelente médica Acho importante passarmos adiante.

"Prezados amigos, há 8 anos criei (Dra. Ana Teresa Doria Dreux) uma fórmula homeopática, que durante este tempo tem sido usada por mim e outros colegas homeopatas para prevenção e tratamento do dengue. Sua composição é:


Rhus tox. / Eupatorium perf. / China off. / Ledum palustre/ Gelsemium/ 5CH/ aã.
Pode-ser feita em glóbulos (sacarose), tabletes (lactose), ou gotas (alcoolatura a 30 ou 70 %) em qualquer farmácia homeopática, colocando ao lado dos componentes acima a forma de apresentação:
glóbulos ou tabletes, 12g, ou gotas , 15 ml.


Pode ser usada como preventivo da dengue, desta forma:

tomar 3 glóbulos ou tabletes ou gotas, uma vez ao dia enquanto durar a temporada da epidemia. Isto tanto para adultos como para crianças de qualquer idade sendo que no caso de crianças não se usa a forma alcoólica. O medicamento deve ser dissolvido lentemente na bôca.
Como tratamento, no caso de dengue ou mesmo suspeita de dengue, o mesmo número de glóbulos etc, de duas em duas horas até a remissão completa dos sintomas.Nos inúmeros casos que tenho tratado, a doença evolue de maneira branda, e resolve sem agravar ou deixar sequelas.
Para os pacientes que a usam como preventivo, até hoje não houve um caso de contaminação, pelo menos a mim relatado.
Em caso de dengue hemorrágico , acrescenta-se ao tratamento acima, dois medicamentos:

dengue hemorrágico acrescentar:
Phosphorus 12 CH , 4 glóbulos ou tabletes ou gotas pela manhã e à tarde : Crotalus horridus, 12 Ch, 4 tabletes ou, etc... até as plaquetas normalizarem-se.



Nos casos que tenho acompanhado, as plaquetas sobem rapidamente de maneira surpreendente.
A Alcoolatura a 30% é indicada para pacientes que não podem tomar açucar e o medicamento não tem um prazo de validade muito grande. Com alcoolatura a 70%, o prazo é de dois anos. Óbvio que para crianças é mais indicado os tabletes.
Para quem tem alergia a lactose use-se os glóbulos. Pode-se usar externamente a pomada de Ledum palustre como repelente, que funciona de modo bastante eficaz e não traz alergias.
Como todos nós, estou profundamente emocionada com o que tem acontecido no último mês, principalmente em relação às crianças, resolvi divulgar a minha modesta experiência. Claro que a homeopatia não dispensa nem interfere nos cuidados médicos obrigatórios nestes casos, nem deve-se desleixar na erradicação do vetor combatendo seus focos de proliferação.
Qualquer dúvida podem me telefonar: 2285-2225 ou 8682-2225
Atenciosamente, Ana Teresa Doria Dreux.
homeopata,ex-presidente do Instituto Hahnemanniano.

Peço que divulguem a quem desejarem esta mensagem."
Astrid


"Nem tudo que conta pode ser contado;
nem tudo que pode ser contado conta" - ALBERT EINSTEIN


----------------------------------------------------------

Essa é outra msg do ano passado. Usei só o Eupatorium perf. preventivamente em algumas pessoas ano passado q moravam em áreas de risco no Rio, dose semanal. Já tratei com remédio único, com ótimos resultados, abrevia muito o tempo de recuperação. Homeopatia funciona, e muito, as x de forma surpreendente, até para os própios homeopatas.
Bjs


DENGUE -Prevenção por Homeopatia

Prezados,
Todo mundo sabe que está havendo uma epidemia de dengue no Rio, né? O que nem todo mundo sabe é que existe um remédio homeopático preventivo contra a dengue, muito simples de fazer e de tomar. As Secretarias Municipais de Saúde de algumas cidades do estado do Rio e outras de São Paulo, além de Cuba, que parece ter importado pra lá a receita desenvolvida por médico brasileiro sanando o problema da dengue com sucesso desde 2003, ofereceram este remedinho nos postos de saúde, mas as Secretarias Estaduais de Saúde, provavelmente sofrendo a maior pressão dos grandes laboratórios (o tylenol não deve ter deixado barato), entraram com processo contra essa prática, sem no entanto vencer a causa. Macaé e Silva Jardim, no Rio, e são José do Rio Preto, em São Paulo, são os exemplos que tenho na memória agora, se quiserem, podem pesquisar no Google, como eu fiz, pra conferir.

Bom, então, como meu homeopata me deu a receita pra essa prevenção contra
uma doença ridícula, mas que pode matar, decidi passar pra vocês.
Eu já encomendei e já tomei. Não tem efeito colateral, hipertenso, diabético, grávidas e etc podem tomar sem medo. Só criança abaixo de 2 anos é que deve ligar para ele para saber a dose certa :

Sergio Crivano ( 21 ) 2258-6506.

Ele vai atender de ótima vontade porque está preocupadíssimo com o surto de dengue e com o número de crianças que estão morrendo. E a gente nem fica sabendo...

De seis em seis meses, cada pessoa toma a seguinte fórmula ao deitar:
Solicitar uma fórmula em papel de:
Eupatorium Perfoliatum CH 30,
Crotalus Horridus CH 30 e,
Phosphorus CH30
(são os três elementos em 30 ch ÃÃ no mesmo papel).

Segue endereço de farmácia homeopática que usa matéria-prima de qualidade para esse medicamento: (não estou ganhando 10% e nem o médico...rs)
Homeopatia Átomo
Rua Uruguaiana, 39 sobre loja Tel. 2224 4647
Pode pedir por telefone e o papel para cada um da família.

Assim, podemos até contrair dengue, mas ela vem mais branda. Se a contrairmos, o tratamento é feito com o mesmo medicamento homeopático, mas em gotas, três vezes ao dia, parece que por sete dias (melhor consultar seu homeopata, nesse caso, ok?). Segundo o meu médico, em três dias o paciente melhora!!! Esse tratamento já é feito em muitos lugares desde 2002, mas não é divulgado... (2002 foi o ano em que tive dengue, e durou uns 7 dias pra eu melhorar!!)

Tomara que vocês aprovem minha iniciativa e, assim, a divulguem também, porque se trata de um problema que pode atingir a todo mundo, então vale a pena ajudar, certo?

PS: Segue uma reportagem só que peguei na internet procês verem como funciona o remedinho. Na matéria, é usada gotinha, porque é nos postos de saúde.

Rio Preto vai combater dengue com homeopatia terça-feira, 6 de fevereiro de 2007, 16:38h.

Nos próximos dias, a prefeitura vai disponibilizar em todas as unidades de saúde 100 mil doses de um complexo para os dois tipos da doença.

Chico Siqueira, ESPECIAL PARA O ESTADO, ARAÇATUBA

São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, vai combater a dengue com homeopatia. Nos próximo dias, 100 mil doses de um complexo homeopático serão distribuídas nas 23 unidades de saúde da cidade.

O objetivo é tentar bloquear a doença, evitando uma epidemia e tratando os moradores contra a dengue dos tipos clássica e hemorrágica. No ano passado, o município contabilizou mais de 12 mil casos de dengue. Neste ano, já há mais de 300 casos suspeitos e 60 confirmados. A aplicação será feita em uma dose sublingual. Qualquer morador poderá receber o complexo, formado por três tipos de medicamentos: o Eupatorium 30 CH, retirado de uma planta americana, o Crotalus horridus 30 CH, veneno de uma cobra cascavel americana, e o phosphoros 30 CH, fósforo mineral.

O Eupatorium já é usado e tem resultado comprovado contra a dengue clássica, o Crotalus é acrescentado para combater a dengue hemorrágica, e o fósforo mineral é usado no controle da coagulação do sangue?, explica o médico homeopata Renan Marino. No ano de 2001, em caráter experimental, 2 mil doses de Eupatorium 30 CH
foram aplicadas no bairro Cristo Rei, que era o mais infectado, reduzindo os casos da doença drasticamente. Hoje, o Cristo Rei é dos bairros com menos casos de dengue na cidade.

Segundo a Secretaria de Saúde municipal, o uso da homeopatia foi motivado pelos resultados observados em Cuba.

EXPERIÊNCIA

No ano passado, médicos cubanos usaram o modelo de aplicação do Eupatorium 30 CH desenvolvido por Marino para combater uma epidemia de dengue que lotou os leitos hospitalares de Havana. Além disso, o médico foi contratado para desenvolver uma vacina bioterápica contra a dengue no país a partir de abril.

Marino havia apresentado o modelo no Congresso Pan-Americano deHomeopatia, em Havana, em 2003.
O diretor técnico da secretaria, Antônio Caldeira, diz que a cidade já tem postos que disponibilizam remédios e tratamento homeopático, mas que esta será a primeira vez que ele estará em todas as unidades.
Segundo ele, enfermeiros e médicos da rede municipal foram treinados para aplicar o produto, cujo custo por unidade será de R$ 0,01. As 100 mil doses custarão apenas R$ 1 mil para os cofres públicos.
Cada morador que receber a dose deixará registrados nome, endereço e outros dados na unidade. Esses dados serão usados posteriormente para elaboração de estatísticas sobre a doença no município.

Outra cidade que poderá adotar o uso do complexo é Ribeirão Preto. A Secretaria de Saúde do município deverá assinar um convênio com o Instituto de Homeopatia Lamasson.

Crisvane Batalha
Global Info - Setor Administrativo

'A natureza concedeu aos grandes homens a faculdade de fazer e aos outros a de julgar.'
Luc de Clapiers Vauvenargues



-------------------------------------------------------------------------------

Oi Tania
Qto a esse eu não tenho a menor experiência, nem gostaria de tomar tanto própolis mesmo preventivamente, 30-40 gotas é mt forte, e 6x/dia tem q ter estômago ... mas ... já li há mt tempo q própolis é mt eficaz em micoses, provado em laboratório, tudo bem científico. Por que não em vírus ? Não se trata gripes com ele ??? Na nossa geração o grande remédio ruim era o óleo de fígado de bacalhau, na dos nossos filhos, o própolis


Assunto: Própolis contra Dengue

Grupos.com.br
Própolis contra Dengue

Segundo um pesquisador de Florianópolis, basta tomar algumas gotas diárias para que o mosquito nem se aproxime!
Ninguém divulga porquê não há interesse, a própolis é barata e não enriquece ninguém, as indústrias
farmacêuticas ganham fortunas com remédios para amenizar os sintomas da dengue, a Johnson ganha fortunas
vendendo o Off, que é repelente de insetos...

Biólogo explica como usar Própolis contra Dengue

Publicado em 02/04/07

O biólogo Gilvan Barbosa Gama, de Florianópolis, explica como usar a própolis contra a dengue.

Segundo ele, a própolis exala na sudorese dois dos seus princípios ativos (flavona e vitamina B) que repelem os
insetos.

Composição da Própolis

A própolis é uma cera produzida pelas abelhas a partir cascas, resinas e botões de flores.

Sua composição: além das vitaminas do complexo B, C, H e O, a própolis também possui em sua composição a
Flavonóides, galangia, resinas com bálsamo, cera e pólen.

Uso Preventivo

A tintura de Própolis na prevenção aos mosquitos da dengue, deve ser ingerida da seguinte forma:

Adultos: de 30 a 40 gotas diluídas em água (ausente de cloro). Um copo a cada 6hs.

Crianças: crianças de 0 a 10 anos deverão tomar a metade do peso corporal em gotas diluídas em água sem cloro
(quantidade a critério).

Uso com a Dengue Instalada (TRATAMENTO RADICAL)

Adultos: tomar 7,5ml do extrato de própolis diluído em água (sem cloro). 1/2 copo na crise febril, ou seja,
quando a febre se mostrar mais elevada. A partir daí, repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

Crianças:

- crianças de 0 a 3 anos: 1,5 ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade da água a
critério) quando a febre se mostrar mais severa.
A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

- crianças de 3 a 6 anos: 3,0 ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade de água a
critério) quando a febre se mostrar mais severa.
A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

- crianças de 6 a 10 anos: 5,0ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade de água a
critério) quando a febre se mostrar mais severa.
A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTÍSSIMAS

Gilvan alerta, para não esquecer de fazer o teste ALÉRGICO para ver se quem vai tomar a própolis não é alérgico
a ela. É muito rara esta sensibilidade mas pode ocorrer.

Caso queira trocar a água sem cloro pela água de coco, é uma excelente pedida.


Postado por SERRA DO MAR aos meus cuidados.

Amiga, colega , Serra do Mar
Para postar, é só abrir o blog, fazer LOGIN (canto superior a direita, ai abrem uns "quadrinhos" dizendo postagem, configurações... clique em postagem, abre a pagina para o texto, ao final clique em 'publicar'
AMIGA, depois de tanto que estudamos e aprendemos, ainda restando sempre tanto de nossas áreas por estudar, ainda temos que enfrentar essas novas tecnologias e seu aprendizado, o que os jovens aprendem junto com as outras linguagens e formas de comunicação com o mundo. Não é um privilégio viver nesta fase de imensas transições?
.

25 fevereiro, 2009

DENGUE - uma abordagem do ponto de vista leigo ( mas não tanto)

ou CRÔNICA DE UMA TRAGÉDIA QUE SE ANUNCIA

Fico pensando, e bastante preocupada, quanto a esta questão da incidencia alta com varias mortes por dengue hemorrágico na Bahia.
Duas questões: a primeira é o da omissão nos noticiários, antes da extensa "migração" para os festejos de carnaval. Lógico, poderia prejudicar o turismo, a arrecadação. E depois, bom, depois cada cidade, cada estado, que dê conta dos casos da variante do virus em questão. Afinal, campanhas publicitárias e contratações temporárias, alterações nos orçamentos, é tudo que um "bom" governante gosta. "Falam de mim". As mortes, a dor ,ah! Isto são estatísticas. E números são impessoais. Nem no vizinho a dor nos dói tambem. Só se for dentro da própria casa. E, muitas vezes, nem assim.
Segunda: deste universo de foliões que estiveram lá, quantos voltarão às suas casas/cidades doentes ou, a grande parte "apenas" contaminados e a doença irá surgir após o período de incubação. E elas , as pessoas-cheias-de-virus, estarão como pratos suculentos aguardando legióes do aedes egypti que ainda sadios irão banquetear-se e difundir a dengue na forma mais grave. ( DESEJO ESTAR ERRADA). E penso que, se não se dá cabo do mosquito, o que me parece impossível do ponto de vista ecológico, o máximo sempre será minimizar suas populações, caso se consiga, porque não impedir que os mosquitos piquem as pessoas doentes e se tornem assim transmissores. Explico: que cada doente , pelo menos, pois não se pode saber quem esta em periodo de incubação, permaneça em isolamento. Que fique sob mosquiteiros, em locais inacessíveis a mosquitos. Quando comecei a pensar nisso, na última grande epidemia, fui pesquisar e fiquei sabendo que esta medida foi a unica eficaz, no caso da febre amarela, quando da construção do Canal do Panamá, obra que ceifou milhares de vidas e não havia medida que mudasse o quadro, até que um doutor encarregado teve a idéia de não permitir acesso dos mosquitos à fonte do vírus. Mosquiteiros, véus de proteção. Telas em portas e janelas de locais que abriguem os doentes. Se feito isso logo nos primeiros casos, com certeza as proporções de contaminação não atingiriam níveis...desproporcionais às capacidades de gestão da saude publica e nem às da dor da população.

22 fevereiro, 2009

Do sufismo:


" Doenças são consequencias de relações exageradamente emocionais com nossos objetos de desejo"
.

18 fevereiro, 2009

Em 18/02/09

Vi hoje no blog do João,"bioterra", num vídeo que TODOMUNDO deveria ver e incorporar ( não o incorporar virtual,embed, mas o trazer para o corpo, para a sua vida), a seguinte frase:

" Não é demonstração de saúde ser bem ajustado a uma sociedade profundamente doente".
.

PS:
Conceito de saude, segundo a OMS
"situação de perfeito bem-estar físico, mental e social"

(ver:conceito de...)
.

09 fevereiro, 2009

Recebi hoje esta informação por e-mail

"Repassando o sistema terapêutico que eu utilizo. Já tratei duas
pessoas que seguiram direitinho este procedimento e ao longo de 1
ano e meio estavam completamente curadas com exame negativo para
lupus. Com 1 ano foi possível abandonar o uso de imunosupressor.
Espero que ajude.
Abraços
Fabian

Sequência Terapêutica para Lupus
1º. É muito importante retirar totalmente da dieta todo óleo rico em
ômega 6. O ômega 6 é precursor de substâncias alergênicas associadas
diretamente ao agravamento do Lupus. Não há de se preocupar quanto a
ficar com deficiência de ômega 6, pois este tipo de gordura vai
estar sendo obtida dos alimentos (grãos). Substitua assim para
cozinhar todos os seguintes óleos: girassol, canola, milho, soja,
algodão por óleo de palmiste, coco ou babaçu. Estes últimos, possuem
uma substância (ácido láurico), de ação antiinflamató ria e
equilibradora do sistema imunológico. Poderá contudo ser usado o
azeite de oliva extra-virgem sem problemas (não use azeites comuns,
com óleo de soja misturado).

2º. Fazer o uso de reposição de ômega 3 para reequilíbrio funcional
da imunidade: 1 colher de sopa de óleo de linhaça ou óleo de salmão
3 X ao dia. Se esta dosagem soltar os intestinos, reduza para 1
colher de chá, e aumente depois aos poucos até chegar a 1 colher de
sopa 3 X ao dia.

3º. Reposição de magnésio no organismo acelera a eficácia das outras
substâncias utilizadas, principalmente os óleos essenciais. Estudos
mostraram que a porcentagem natural de magnésio no organismo de
pessoas com lúpus é mais baixa que o normal. Muitas dores,
associadas à doenças, são reduzidas quando se repõe magnésio. Como
fazer: Dissolver 33 gramas de cloreto de magnésio P.A. em 1 litro de
água filtrada. Depois de bem misturado, colocar em uma garrafa de
vidro e guardar na geladeira. A dose é um cálice de licor (ou copo
de cafezinho) pela manhã e à noite (2 X ao dia). Após tomar o 1º
litro deste preparado, na segunda sequência utilizar 1 X ao dia
somente (manhã ou noite). Não tomar junto com leite de soja e grãos,
pode ser usado junto de legumes e frutas contudo, ou em jejum.

4º. Reduzir da dieta o consumo de carnes, principalmente vermelhas
ajuda a diminuir o quadro, pois as carnes possuem os aminoácidos
fenilalanina e tirosina que agravam os sintomas do lúpus. Reduzir
laticínios, se consumidos em excesso também ajuda. Utilize mais
leite de soja, leite de castanhas, leite de coco, etc. Substitua as
carnes vermelhas por peixe e não utilize carnes fritas, sempre
assadas ou cozidas. Caso frite, está liberado fazer em óleo de
palmiste, babaçu ou coco.

5º. Se no lupus de pele, se apresentar sensação de dores localizadas
ao tomar sol, fazer o uso de bastante beta caroteno na dieta. Seria
o caso de comer 4 cenouras médias dairiamente, ou 2-3 mamões
papaias, ou realmente aumentar na alimentação os legumes e frutas de
cor amarela-laranja. Mesmo em outros casos de lúpus, isso ajuda a
acelerar o tratamento.

6º. Uso local (se houverem áreas atingidas na pele) do seguinte creme:

Lavanda angustifólia (Lavandula angustifólia) – 2%l
Tanaceto azul (Tanacetum annum) – 2%l
Espruce ou abeto (Abies sibirica) – 2%
Óleo de Linhaça – 5¨%
Babosa gel – 5%
Cloreto de magnésio P.A. – 5%
Creme base sem óleo mineral – qsp.

7º. Uso interno dos seguintes óleos essenciais:

Tanaceto azul (Tanacetum annum) – 3 gotas
Espruce ou abeto (Abies sibirica) – 3 gotas
Copaíba (Copaifera reticulata) – 5 gotas

Tomar 3 X ao dia este óleos todos juntos em uma colher de sopa com
água, mel ou óleo de linhaça ou salmão.

OBS.: Este tratamento varia de 6 meses a 2 anos. Tudo depende do
quadro de avanço do lúpus. É muito importante que sejam feitos todos
os itens acima. Se não forem feitos principalmente os itens:
1,2,3,7 pode fazer com que o tratamento todo não funcione. São a
parte mais importante deste. Resultados do início de melhorias podem
ser vistos dentro do primeiro mês de tratamento, não significando
necessariamente cura. É necessário regularizar a função intestinal
(se houver prisão de ventre), senão nunca irá curar e equilibrar o
ph do sangue. "

COMENTÁRIO:
Fiquei pensando que boa parte dessas recomendações seriam úteis tambem para outros processos reumáticos/ autoimunes, como artrite reumatóide, já que envolvem profundas alterações do sistema imunológico.

23 janeiro, 2009

Duvidas

Sempre tive dúvidas sobre o que nos informam que seria saudável para um corpo vivo, especificamente o humano.
Assim quando a ciência ou os saberes tradicionais afirmam categóricamente algo, e levantam-se questões em minha mente, faço como os filósofos pirronicos. Suspendo o juizo e parto para investigações que nunca chegam a conclusões. Posso portanto me classificar com Cética.
Assim, trago aqui a minha duvida maior e mais frequente:

É saudável a um determinado organismo um alimento, sabidamente classificado como tal, mas que por motivos diversos produz uma enorme aversão aos sentidos - paladar, olfato, e até visão- daquele que irá se alimentar ? Não poderia o estado psiquico da pessoa influenciar nas condições de absorção dos nutrientes ou até mais, das energias contidas naquele alimento e ao inves de bem, produzir-se um dano, ou ser inóquo? Não seria mais saudável algo ingerido com alegria e prazer do que algo saudável ingerido com repugnância?

Fica aberta esta questão e desde já agradeço opiniões, fundamentadas ou não.
.

20 janeiro, 2009

Vacinas: sim ou não?

A partir de uma duvida surgida a partir da campanha de vacinação contra rubéola, onde se propõe vacinação inclusive dos já vacinados e dos que ja tenham contraido a doença (porque, se a rubéola dá imunidade permanente, bem como sua vacina ?)
Existe polêmica entre adeptos da homeopatia e medicina antroposófica versus o sistema dito científico, a epidemiologia e imunologia. Aberto para discussões.

Patricia diz:
Considero as vacinas a maior revolução da história da medicina. Nenhum outro "medicamento" salvou tantas vidas ao evitar formas graves das doenças como as vacinas. Se induzem autismo ou não, ainda não há comprovações. Particularmente, duvido. Controvérsias existem, claro, porém sou enfática ao recomendar vacinas como forma de prevenção. Agressivas? Ok, porém por protegerem contra as doenças, utilizamos menos fármacos no tratamento das mesmas, agredindo "menos" o organismo. Reações adversas graves acontecem em uma pequena porcentagem de casos, reconheço, porém se analisarmos o número de pessoas que teriam a doença ou morreriam pela doença versus o número de pessoas que desenvolveram alguma reação adversa à vacina, ora, é mais vantajoso utilizar a vacina. Concluindo, para administrar um fármaco, precisamos notar quatro aspectos básicos : eficácia, segurança, comodidade e custo. Ao analisarmos os quatro pilares da prescrição, vemos quão vantojoso é o uso da vacinação.
..........................................................
VER:
http://www.lifesitenews.com/ldn/2008/aug/08081407.html

Serra do Mar diz , em 29/01

É, casos graves são raros, mas são dificílimos de lidar. Conheço de perto uma criança que era normal e que após uma vacina tornou-se um deficiente mental, atualmente é adulto com idade mental de 3 anos ... E há aumento dos casos de autismo, há um médico norte-americano que tem um site que denuncia isso. Há histórias de famílias de crianças que ficaram autistas após vacina contra sarampo (MMR - ela faz parte da tríplice viral que é dada com 1 ano de idade)
http://www.autistas.org/vacinas.htm
http://www.farmacia.com.pt/index.php?name=News&file=article&sid=3087
http://mundodosincompreendidos.blogspot.com/2008/01/vacinas-e-autismo.html

Bem estranho é que a vacinação contra rubéola era só até os 39-40 anos. Ouvi a justificativa que era necessário vacinar quem já teve porque quem já teve poderia contaminar pessoas. Só até os 39-anos ??? Então após essa idade não contaminariam mais ninguém ? Baseado em qual estudo ???



.

09 janeiro, 2009

MARGARINA X MANTEIGA

Quais são as diferenças entre margarina e manteiga? Ambas têm a mesma quantidade de calorias. A manteiga tem um pouquinho mais de gordura saturada - 8 gramas contra 5 gramas . - Comer margarina pode aumentar em 53% a incidência de doenças cardíacas em mulheres, quando consumida na mesma quantidade que a manteiga, segundo um estudo recente da Universidade de Harvard. -Comer manteiga aumenta a absorção de muitos nutrientes presentes em outros alimentos. A manteiga traz mais benefícios nutricionais, enquanto o pouco que a margarina traz lhe foi adicionado! - A manteiga é muito mais gostosa do que a margarina e pode melhorar o sabor de outros alimentos. A manteiga existe há séculos e a margarina há menos de 100 anos. Agora, sobre a margarina:- tem teor altíssimo de ácidos graxos tipo trans;- triplica o risco de doenças coronarianas;- aumenta o nível de colesterol total e o de LDL (o "mau"colesterol); - reduz o nível de colesterol HDL (o "bom" colesterol);- aumenta, em cinco vezes, o risco de câncer;- reduz a qualidade do leite materno;- deprime a resposta imunológica;- reduz a reação insulínica... E o fato mais perturbador: a diferença entre o plástico e a margarina é de UMA MOLÉCULA. Basta saber disso para evitar, por toda a vida, a margarina e tudo o que for hidrogenado (isto significa que acrescentaram hidrogênio, mudando a estrutura molecular da substância). Você pode experimentar por si mesmo. Compre uma embalagem de margarina e deixe-a aberta em sua garagem ou algum lugar sombreado. Em poucos dias, você vai notar duas coisas: - nenhuma mosca (nem aquelas terríveis mosquinhasdas frutas) vai chegar perto dela (isso deveria lhe dizer alguma coisa); - não vai apodrecer, nem ficar com cheiro esquisito. Como não tem nenhum valor nutritivo, nada crescerá nela, nem mesmo aqueles microrganismos minúsculos encontrarão ali um lar para viver. Por quê? Porque é quase plástico. E você derreteria seus potes de plástico para passar no seu pão?
Texto do Dr. José Geraldo Ferreira Gonçalves, do Instituto dePatologia Clínica Hermes Pardini www.hermespardini.com.br Informe-se mais sobre este assunto acessando os sites:http://www.lincx.com.br/lincx/saude_a_z/alimentos/margarina_manteiga.asp~http://saude.terra.com.br/interna/0,,OI268036-EI1502,00.htmlhttp://www.vegetarianismo.com.br/artigos-revistas/farsa-da-margarina.html.

OVO - Vilão ou Herói ?

A ciência afirma:
Ovo é benéfico à saúde!
Após o leite materno o ovo é considerado o alimento mais completo:
Fácil preparo, digestão e absorção;
Supre carências de vários nutrientes incluindo vitamina B12.
Indicado para:
Controle ou perda de peso: reduz a ingestão de gorduras, carnes e outros alimentos altamente calóricos;
Alimento de baixo custo: é a fonte de nutrientes e de proteínas mais acessível que existe.
Estrutura do Ovo
Casca: rica em cálcio
Pó da casca de ovos enriquecidos administrados na alimentação de idosos com osteoporose resultou em melhora da densidade mineral óssea.
Curiosidade: A cor da casca indica apenas a cor da galinha, ou seja, ovos brancos são originários de galinhas brancas e os vermelhos de galinhas vermelhas.
Clara (porção gelatinosa do ovo): fonte de proteína
Rica em albumina, indicada para pessoas que necessitam de reposição eficiente de proteínas (praticantes de exercícios, p. ex.) e como complemento de dietas de emagrecimento ou deficientes de fontes protéicas
Gema (parte amarela e central do ovo): rica em nutrientes como vitaminas e sais minerais
Responsável pelo mito do colesterol, contudo, estudos revelam que o consumo de ovos não aumenta o colesterol, fato este observado em grupo de pessoas que consumia 4 ovos por semana.
Fatos: A gema é fonte de ferro, colina, ácido fólico, lecitina, biotina (depressão), antioxidantes, luteína, vitaminas B, E, entre outros.
Curiosidade: O colesterol encontra-se apenas no reino animal, portanto, não se justifica colocar o rótulo “sem colesterol” em óleos vegetais e azeites.
Propriedades do Ovo
São largamente utilizadas na preparação de alimentos:
Aglutinante: fornece textura suave e uniforme (p. ex. patês);
Anticristalizante: a clara evita a cristalização de açúcares nos alimentos (p.ex. coberturas, suspiros, etc.);
Aromatizante: confere aroma especial e é essencial para o preparo de massas e de confeitos;
Coagulante: fundamental em alimentos que precisem ser “ligados” (p. ex. bolos, almôndegas, crepes, etc.);
Corante: luteína e zeaxantina conferem propriedades corantes ao ovo, muito apreciado na culinária;
Emulsificante: a lecitina confere ao ovo um equilíbrio entre o óleo e a água, indispensável no preparo de molhos, maioneses e confeitos para bolos;
Espumante: mediante a emulsão de água e ar, qualidade esta apresentada em maior quantidade na clara, mas, podendo ser utilizado o ovo inteiro para fazer espuma.

Curiosidades: O ovo contém tudo o que a vida necessita, menos vitamina C.

NUTRIENTES
6 g Proteinas ( 3g na clara e 3 g na gema )
5 g Gorduras
28 mg Calcio
317 mg Vitamina A
1 mg Ferro
0,55 mg Zinco
+ de 13 Vitaminas (D, E e K e as de complexo B: B1 – tiamina, B2 – riboflavina, B3 – niacina, B5 – ácido pantotênico, B6 – piridoxina, B9 – ácido fólico e B12 – cianocobalamina)
CALORIAS
66 ovo pequeno (45 a 50 g)
75 ovo grande (55 a 60 )
84 ovo extragrande (60 a 66)

Combatendo e Prevenindo Doenças
Alergias: o ovo é rico em zinco auxiliando no combate a algumas alergias.

Alzheimer: o ovo possui alta concentração de fosfatidilcolina, serina e vitamina B12 que auxiliam na recuperação da memória. O ovo melhora o quociente de inteligência em crianças (Pesquisa da FAO – 1996). É essencial na nutrição de idosos.

Artrites: o ovo atua como antiinflamatório e possui pequena quantidade de ômega-3.

Crescimento e desenvolvimento: a PQQ (pirrolo, quinonina quinona) é encontrada no leite materno e no ovo (clara e gema). Portadores de Alzheimer, Parkinson e demência senil diminuem a produção de PQQ.

Degeneração macular senil ou cegueira da idade: a ingestão diária de 1,3 gema de ovos evita o surgimento da doença.

Doenças Cardiovasculares: eleva o HDL - colesterol (bom) por possuir elevada quantidade de lecitina, impedindo que o colesterol se deposite nas artérias; no intestino, participa da formação da bile, mobilizando triglicerídeos e diminuindo a formação de colesterol.

Alimentação de Atletas: a inclusão de ovos na dieta ajuda a suprir a necessidade de proteínas.

Infecções infantis: relacionadas à bactérias, fungos e vírus são minimizadas com a inclusão na dieta diária de ovos, fortificando o sistema imunológico a partir dos 12 meses de idade.

Gestação e amamentação: o ovo fornece vitaminas do complexo B, ácido fólico, essencial para o desenvolvimento do tubo neural do feto.

Osteoporose: o carbonato de cálcio oriundo da casca de ovo é bem absorvido pelo organismo, promovendo maior densidade osseomineral.

Parkinson: o ovo fornece cisteína (176 mg por unidade), um poderoso antioxidante que auxilia na prevenção e no tratamento da doença de Parkinson.

Bibliografia
PUPPIN, Sérgio. Ovo. O mito do Colesterol. Rio de Janeiro: Rio, 2004. PUPPIN, Sérgio. Doenças Cardiovasculares. Verdades e Mitos. Rio de Janeiro: Rio, 2002. REVISTA SAÚDE. Ovo. Pode comer todo dia. E o melhor está na gema. Junho/2007. REVISTA BOA FORMA. Dieta do Ovo. Agosto/2007.
(Fonte: Mensagem eletronica recebida, créditos:
Granja Shisa - shisa@netpar.com.br
Editoração: Gisele - xli@terra.com.br )
.

--------------------------

Agrotóxicos podem influenciar na diminuição da natalidade -
07/01/009
O Jornal Estado do Paraná divulgou, na edição de 29 de dezembro de 2008, uma reportagem sobre o estudo realizado pela doutoranda da ENSP, Gerusa Gibson, e pelo pesquisador do Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos da ENSP, Sergio Koifman, que aponta a diminuição no número de nascimentos de indivíduos do sexo masculino conforme a exposição demasiada e o consumo elevado de agrotóxicos. O trabalho dos pesquisadores sugere que essas substâncias estariam atuando como desreguladores endócrinos na população.
Leia a reportagem aqui.; http://www.ensp.fiocruz.br/portal-ensp/noticia/index.php?id=14741